sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Vida de dona-de-casa. E outras coisas.

*Dormiu tarde, pra buscar marido num ponto próximo de casa. Acordou cedo, pra levar o menino na escola. Levou também o marido ao trabalho. Passou no sacolão pra garantir as paradas verdes e 'saudáveis' pra família. A manhã foi passada na cozinha fazendo almoço; lavando, secando (no seca salada que a Tela me deu; tou usando viu Telinha?)e guardando pés de verdura; arrumando frutas e legumes geladeira e fruteira afora (adentro?). Foi buscar menino na escola; deu almoço a todos, botou uniforme no outro menino e, quando descobriu que era alguém (aquela hora que a natureza chama ao banheiro), um dos meninos gritou:

"Mãaaaaae, eu preciso ir no banheeeeeeeeiro!"

Essa vida pertence a quem mesmo?


*Quem economiza um tantinho a cada mês pra no fim do ano (365 dias, veja), ter tipo, mil reais em mãos? É ruim de eu me sacrificar todo santo dia pra ter milzim só no fim do ano (se eu tivesse um tantinho a cada mês, oi).


*A-ca-bei de traçar um pirex cheinho de alface e rúcula. Eu ATORON. Tenho alma magra. (Mas claro que bem molhadinhas por um molho bem gordinho de parmesão). O que importa é que sou magra. Reclamações? Dê entrada no Supremo. *Muah*


*Ah, essas "mães de portão de escola"... Como sabem de tudo... Como são boooooouas... Sassemana fui pegar Artur na creche. Fiz como todo dia: deixo o carro bem na porta da creche, com Dani e Bruno dentro e vou voando pegar Tutu.

Daí que a hora que eu tava chegando no carro com Artur tinha uma senhoooura parada no lado do carro apontando pra dentro e comentando sei-lá-o-que com outra mãe que vinha vindo. Pela cara das duas, críticas.

Faz isso comigo não, ném. Ninguém sabe o que eu faço com meus filhos, a luta que é, o esforço e tudo o mais logo, eu sei a mãe que sou e o que posso fazer com eles.

Já cheguei perguntando "Tá tudo bem por aqui?", no que a mulher respondeu "Parece que sim"; má que cara de pau! Daí eu disse "É, porque a senhora tá cuidando dos MEUS filhos, né..."

Só vi que a mulher ficou meio sem graça; já cuidei de botar menino no carro e ir embora.

Ah tá. Deixo as janelas do carro um tantinho abertas pros meninos não morrerem assadinhos durante os três minutos que gasto levando-pegando Artur na classe.


*Tá vai, antes do pirex de salada eu comi arroz, salsicha no molho e purê de batata. Não sei mentir pra vocês.

Mas ainda sou magra.

3 comentários:

rosana disse...

pior de tudo isso é qe as pessoas acham que mulher que fica em casa, não faz nada....ja te disseram isso alguma vez??? pode esperar que vai ouvir..heheehee

linda noite fro!!!bjussss

Roberta disse...

meu.. você é hilária! E eu tb sou uma magra que adora alface e rúcula.. mas não abro mão de uma boa pizza!

beijos, bom fds!

To te esperando aqui!!

Priscilla disse...

Olha, descobri seu blog pela indicação da Dri Viaro. Estou aqui a ler seus posts, rachando de rir! Que delícia! A vida como ela é de forma divertida... porque se for levar tudo ao pé da letra... a gente pira né? Parabéns! Você ganhou mais uma leitora! Abraços!