sábado, 2 de janeiro de 2010

Então, pós reveião.

*Como comentei no post anterior, dia trinteum de tarde fomos eu, a Tati e o João, os irmãos cara-de-pau, dar um plá na casa do nosso progenitor. Eu tive a 'brilhante' ideia de levar os meus 3 pequenos bin laden e a Tati o dela.. Má claro que ia dar merda; só eu num vi isso.

Meu pai mora num apê, sabe. No último andar (são 4 ou 5, não lembro). Bem, de começo a situação tava maneira e tal, mas passados 5 minutos (rá, eles não perdem tempo) meus bin laden começaram a dar alterações; de início leves, depois mais pesadas; módisque passei o tempo todo entre limpar bundas, pagar peitão e chamar atenção de menino (fato que fiquei com dor de garganta).

Querendo pagar de boa mãe não gritei (muito alto) e não tomei medidas drásticas (não me perguntem quais, tenho uma reputação a zelar); lembro que entre uma ameaça e outra eu sorria e soltava um "é mesmo" pra fingir que participava da conversa entre as pessoas civilizadas e que usam métodos contraceptivos; mas na verdade lembro picas do que falavam; tudo que eu via era bocas movendo e crianças tocando o terror. Às vezes meu pai, incomodado porque eu só ficava de pé balançando um bebê rebelde e 'falando' com os demais, me dizia "Bia, sentaí, deixa os meninos" e eu, obediente sentava, pra dali 12 segundos (em média) levantar e puxar uma orel... conversar calmamente com uma criança.

Até que, ao perceber que um dos meus bin laden estava muito quieto (medo sempre de criança muito quieta; ou tá muito doente ou tá aprontando MUITO) eu levantei da cadeira e fui no corredor ver qual era; Artur estava debruçado com metade do corpinho delgado pra fora da cerquinha lá da escada; um sopro faria o menino cair lá embaixo; me dei conta que estava REALMENTE na hora de cair fora; eram eles ou eu.

Cheguei em casa fui pro banheiro dar uma mijadinha honesta; percebi que estava toda trabalhada no vazamento mensal; ó meldels, Tu és um grande sarrista. Vai lá eu tomar um banho ao som de criança pedindo alguma coisa pra comer e quase chorando de neLvoso (eu, não os pimpolhos). Contei pro Gomes, às lágrimas (mimimi), a tarde de luta que passei com os monstr... meninos e rumei pra minha mãe, onde havia pão, vinagrete, salada de frutas e sorvete. Pasárgada.

Dispois vim pra casa no intuito de fazer a retrô aqui; consegui depois de horas porque o HD estava em ritmo de reveião (pela lerdeza só podia ser isso). Fiz algumas ligações (acho isso tão profissional)e fui tomar banho (de novo) pra subirmos pra casa de mamãe.

SIM, comemos bastante de novo, pois minha sogra-tecedora-de-manjares-celestiais nos brindou com nova bacalhoada, além do churrasco feito pelo Gomes meu marido.

Assim viramos o ano, no quintalzão, à beira da piscina (coberta por segurança, os bin laden tava tudacordado);(me deixa ter um momento de orgulho besta de classe média que se acha), tomando sidra sem álcool (a pobreza não sai da gente mesmo quando a gente... continua nela?), fanta uva e enchendo o rabo de linguiça (hã?), felizes e contentes.

E quando chegamos em casa fomos recebidos calorosamente por uma barata e um camundongo, afinal todos são seres criados por MelDels (já disse que Tu és um grande sarrista?).

Taí um pessoal que se diverte:

Bruno e eu, no esquenta pra balada.


João e Tati, super vibe.


Eu, ladeada de Dani, Bruno e Artur. Note que Bruno já tá na bagaceira. Fraco, coitado.


Tati: "Quem é você na noite??? Te desprezo."


Reunião extraordinária da Al-Qaeda, comemorando os bons resultados da ação da tarde.


Gomes, Dani e eu.


Quem vê pensa. (Tá, isso foi no Natal vai).


Tá, mas e o Matheus, você me pergunta. Oras, Matheus, no alto dos seus 15 anos, quer mais é ficar com os amigos; que é bem melhor que ficar com um bando de pirralho e um bandivéio (olha que pensando assim...); fato que entrou pra se mostrar vivo quinze pra meia noite, saiu e voltou só às duas. Você tem filho adolescente? Não? É tudo pequeno ainda? Aguarde.

Tinha mais gente e tal, mas tirar foto não é meu forte; nasci pra ser fotografada, não pra fotografar; oi?

4 comentários:

kelvinha disse...

Biazinha, eu sidivirto contigo,kkkkkkkkk...quase q eu simijo contigo mulher!!!FELIZ 2010!!!AMEI SUA LIGAÇÃO AMIGA!!beijossss

Sil disse...

hahahahahahahahaha!!!

Pequenos Osaminhas à solta!

Beijo, amei o post!!!

Paula Clarice disse...

ahahahahahahahahahahahah!!

tou rindo MUITO aqui, Bia!!

um beijo de feliz ano-novo pra ti, tomara que a gente se encontre de novo esse ano, né? :*

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

HAHAHAHAHAHAHAHA
Sua descrição é ótima!