quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Ida a dermato.

*Então que ontem fui numa dermatologista, módis ver uma queda de cabelo e otras cositas mas.

Ela me perguntou o que eu tinha; disse que era cabelo caindo, umas pintas vermelhas e umas bolinhas chatas nas costas.

Ela anotou umas paradas lá, levantou e veio ver meu cabelo:

"Noooossa, sua queda de cabelo é beeeeeem acentuada mesmo né???"

"Alguém da sua família também é assim?"


Me senti a Piná.


Daí ela viu as pintinhas vermelhas.

"Olha, isso são jdbftfvdftv" (não lembro o nome que ela falou), "não viram câncer (oi?) e só saem com laser, coisa que o convênio não cobre."


E então ela viu minhas costas.

"Ahhh, isso são espinhas SIM"(eu tinha dito que achava que não eram);"noooooossa, tem bastante MESMO... Nossa senhora!!"

Eu já descabelando com os cinco fios que aparentemente restaram na minha cabeça; "Dra, assim a sra. me preocupa."

"Ah não, é que você SEEEMPRE vai depender de alguém pra passar o creme nas suas costas!!"
.
.
.
.
.
.
.
.

Tato: privilégio de poucos.


*Amanhã é o último dia de "Senhora do Destino" de novela da tarde. E semana que vem vai ser aquela novela chata. O que vai ser de mim, mel dels???


*Aliás, ju-ra-va que hoje era quarta-feira.


*Odeio saquinhos-surpresa cheios de balas e doces de festinha de criança (abafa que no niver do Dani na escola fiz 25 desses saquinhos, abafa).

Chega em casa é um furdunço duzinferno por causa das porcariada toda, mela chão, mela sofá, mela tudo, junta formiga; é uma desgrama.


*Mal-humorada, quem?