sábado, 10 de julho de 2010

Notícias do front.

*Post de número 500.

*Falando da Enxaquecolândia.
Mais uma vez naqueles dias. Nem 20 dias depois da última vez. Isso não é vida de gente.

*Feriado da preguiça; fizemos quase nada por aqui.

*Sinceramente cansei mesmo de ouvir sobre o caso do goleiro. Cansei porque é muito brutal, muito triste. Um bebê que vai crescer sem o colo da mãe, uma mãe que não verá o filho crescer, uma mãe e um pai que ficaram sem a filha e agora (provavelmente) vão disputar a guarda do neto.

E cansei também porque está sendo e será como o caso da menina defenestrada: sensacionalismo total. Mudo de canal e só dá isso. Tá certo, não pode-se esquecer, tem que haver justiça. Mas a imprensa precisa 'carniçar' mesmo...

É tudo muito triste. E isso porque nem entrei no mérito da covardia (um monte de homem barbado fazer mal a uma moça) e do machismo.

Mas chega. Sempre vai ter alguém pra falar disso. Eu não falo mais. Só sei que o mundo tá do avesso e de repente fico com medo pelos meus filhos. De os ter trazido presse mundo cheio de gente ruim. E que responsabilidade a minha criar 4 meninos que sejam homens com H, que saibam respeitar as mulheres sejam elas quem forem, façam o que façam, falem o que falem, aprontem o que aprontem. Que Deus me ajude.

*E olha, são três e meia da manhã e meu sono, ó, sumiu.

4 comentários:

Anônimo disse...

ôooo Bia, tenho os mesmos dilemas que vc, tenho dois meninos um de 9 e 5 aninhos. Que mundo mais machista e opressor que vivemos. Então, o negócio é não ficarmos caladas mesmo, é falar em casa, no trabalho, na vizinhança, na escola ..., se indignar sempre e não achar normal comentários, dissimulados e sutis que revertem a culpa na vítima, ela sendo mulher.
Bjk
madoka

Rosana Francisco disse...

Bia..eu como mãe de uma filha penso o seguinte, as mulheres precisam aprender a se valorizar mais, parar de correr atras de homens com grana, famosos, querendo que tudo caia do céu, usando a gravidez pra isso.
nada justifica uma violencia como essa, mas que isto sirva de alerta as mulheres em geral, ter dignidade e lutar sem precisar de esmola de um homem,é muito mais gratificante do que ficar se humilhando,não sao todos os homem que tem carater e honram com seus compromissos..pode no meio do caminho encontrar um cafageste ai da no que deu com essa moça.....
tenta ir fazer acupuntura pra essa enxaqueca..eu fiz e não tive mais...bjinhusssssss

ah........ontem lembrei de voce..rsrsrss, assisti um filme que se chama UMA MAE EM APUROS...depois me conta..heheehhe

Andreia Vieira disse...

Bia minha prima tava tendo diretos essas enxaquecas tb... foi ao neuro que lhe passou um remedinho MARA... quanto ao caso Bruno, eu tb penso as mesmas coisas que vc, que a mídia exagera um pouco... acredita que já passei mal de verdade com tudo isso? agora parei de ver... e estou focando no meu novo blog Mundo Craft.. faz uma visitinha e me segue peloamorrrrrrrrrrrrr , rsrsrsrs

http://andreiacrafter.blogspot.com

Bia, Desperate Housewife disse...

Rosana; esqueci de dizer isso; tinha comentado com uma amiga no tuiter isso mesmo. Que fique a lição pras moças: se valorizem, não se vendam por um apê e uma pensão, não se iludam com a carreira e $$ dos outros, vão atrás!

Madoka, vamo que vamo!

Deia, já tou seguindo seu blog!