sexta-feira, 1 de maio de 2009

O que andei fazendo...

...ou fiz parada, porque certas coisas não dá pra andar fazendo.

Ontem, dia normal.

Como uma boa quinta-feira, fomos levar Matheus no treino de futebol. Daí que, quando eu tava embicando no portão, de volta; Gomes ligou dizendo que Matheus tinha ligado pedindo pra ir buscar, que não teve treino.

Lá fui eu, resignada, buscá-lo.

Na volta, passei em casa pra ele pegar uns trecos pra mór de dormir na casa da avó, minha mãe no caso em tela.

Cheguei lá, deixei o Matheus e peguei o Gomes (que estava lá pra limpar a piscina, fato que não foi concretizado por conta do motor inoperante). Rumamos pra casa, guardei o carro.

Quando entrei em casa pra fazer nebulização no Piu, "si apercebi" que o soro tinha acabado. Adivinha?

Bota criançada no carro tudinooooovo, bora pra farmácia comprar o soro, chega em casa, bla bla bla whiskas sachê.

Tá. Saí de casa, da primeira vez, era umas seis e vinte. Cheguei quinze pras oito.

Blé.


*Daniel teve alta da psicóloga! Ela disse que ele tá óteeemo, que não vê mais porque mantê-lo em terapia. Mas que se precisar é só procurá-la.

Olha, só eu sei o que foi e o que é lidar com Daniel, de modo a fazer com que ele se sinta seguro e amado. Só eu sei. E olha, não é fácil mesmo. Paciência de Jó é só o começo dos trabalhos.


*Como hoje deu fogo no rabo de sair de casa, botamos, eu e Gomes, mininustudim no carro e rumamos.

Primeiro fomos no mercado comprar leite, mas estavam todos mercados fechados né, feriado?

Daí como já estávamos na Santos "Drummond" (ai adouro trocar o nome das ruas; seja com acervo próprio ou de terceiros, tipos Bon Joyd Dulup/John Boyd Dunlop; Bernardinho de Campos/Bernardino de Campos; Av. José Moreira/Av. das Amoreiras; Barreto Lemes/aBarreto Leme e etc; assim como de pessoas como o ator Oscar Magrini, que prefiro mil vezes Oscar Magrinho, concorda; ms o que eu tava falando mesmo, péra), então, fomos pro aeroporto ver avião.

É gente, sem $$, já na boca ali, fomos lá, enfim.

Tá, mas o que eu não sabia é que, depois da reforma, tudo lá em Viracopos ficou tampado, fato que não vimos avião nenhum.

Valeu que pelo menos o caixa eletrônico do banco tava funcionando.

Depois 'fiquemo' dando rolê de carro, fomos onde moramos uma vez (no DIC IV, pra quem conhece a aprazível cidade de Campinas), levamos os meninos num parque lá pertim, vide fotos:




Tinha um mercado lá perto, 'compremo' o leite e 'vortemo' pra casa. Tá?


*Daí que a Paula Clarice-zóin-da-cor-do-céu mandou fotinha de nós na FLIC:

Fia, adourei, assim como o que falou da minha pessooouuuua no seu dileto blog. Quem vos fala vos agradece imensamente.
(P.S.:eu sou muito grande ou vocês TODAS são ããããã, beeem, éééé... petits? Rá, zoei geral).

*Piu-Piu se contorcendo de cólicas, pecado.


*E pra amanhã, qualé a boa?

3 comentários:

Paula Clarice disse...

Ai, que luxo eu aqui seu bluógue. Vou botar no curríco. rsrs

Deh disse...

Misééria, como eu tô amarrotada, parece que saí do bucho da vaca!!

Bia, Desperate Housewife disse...

Dona PC, bota no curríco, bota, hahahahaha...

Dona DEH, fia, vc veio de paragens distantes, a gente compreende...Hehehehe...