segunda-feira, 6 de abril de 2009

Segundona braba!

*Então, hoje cedo fui lá no convênio pra aprovar a guia da ultra do Bruno. Uma chuva pesada. detesto dirigir na chuva. Mas belê, correu tudo bem.

Daí que quando deu uma da tarde resolvi dormir um cadim porque né, de noite as pessoas não dormem direito.

Mas era e me enrolar na coberta pro Bruno acordar, fato que desisti de dormir e fui ver TV. Adivinha? Bruno não acordou mais. Será que ele tá me zoando?

Aproveitei pra botar o menino pra mamar porque recomendaram 4 horas de jejum pro menino fazer a bendita ultra.

Fui lá na PUCC porque hoje também tinha o exame do olhinho pra fazer. Pinga-pinga de colírio pra dilatar as pupilinhas do garoto, coitado; já não bastasse estar de jejum né? A vida é severa, bem, com os bebezinhos.

Bem, fizemos os exames, tudo bem e certinho com elezinho. É o que importa. Nesse momento ele está coladinho cumiga aqui, no sling.


*Sábado fomos fazer compra de mês no Makro.

Imagina só: pacote de feijão de 2 kgs. Já viu isso? Pois é, comprei. Três pacotes de farofa juntos. Comprei. 1 caixa de suco de uva de pó. Um pacote fechado com 12 pastas de dente. 1 pacote fechado com 10 pacotinhos de bolacha de maizena. 5 caixas de barra de cereal. Uns 40 iogurte de garrafinha (tava na promoção, Gomes se empolgou). 1 fardinho de refris pro lanche dos mininutudo.

Como diz minha mãe, já assumimos a família grande.

*A Isabel Rosa nos deu de presente uma cadeirinha de carro pro Artur, que hipeventilou. Ficou lindo e se sentiu na cadeirinha, pensa.


*Ah sim, vamos lá: olha sóam, eu sei que bebês pequeninos são praticamente irresistíveis, mas veja bem, contenha-se. Ainda mais se você NÃO conhece a mãe.

Dicas: não fique tocando o bebê. Não precisa passar a mão na cabecinha dele, no rosto, muito menos nas mãozinhas dele. Se você é daquelas que num guentam e TEM que botar a mão senão o TOC te maltrata pro resto do dia, passa a mão na roupinha do neném, e só. Por cima da manga da blusinha, tá bom demais.

Agora nunca, NUNCA, NUNQUINHA DA SILVA peça pra pegar o neném no colo. N.U.N.C.A. Só pegue o bichinho no colo se a mãe oferecer. Se você é íntima da mãe pode até pedir. Mas não se ofenda se ouvir um não, ok? Não tem coisa mais chata no mundo uma pessoa que você nunca viu mais gorda na vida dizer "ah, que bonitinho; posso pegar???".

Hoje passei por tudo isso, fora que repeti no mínimo 3 vezes a mesma história: não, não é o primeiro filho, tenho mais três; sim, são todos homens; não, não vou tentar uma menina; não, não operei, meu marido vai operar; ah, eles chamam Matheus, Daniel, Artur e Bruno; sim, são nomes lindos, eu também acho.

Fora uma dona lá que tava me ensinando a segurar meu filho no colo; ora pois, "porque ele é muito novinho pra ficar em pé assim no colo, né não?", no que já rebati que "o pediatra MANDOU deixar assim depois de mamar"; ah, vai à merda viu!

E outra que jurava que ia me criticar porque eu tava levando um bebê de 20 dias num ambiente de hospital, "porque é muito contaminado; minha filha trabalha aqui e chega em casa e vai logo tomar um banho e se esfregar com álcool, se coçando toda!". E eu com isso, se a filha dela tem problema? Logo mandei "é ele que vai fazer exame, não dá pra fazer o ultrassom em casa né; ha ha ha"; ó minha cara de quem tá super a fim de conversar.

Isso prova que o milagre da vida, apesar de acontecer milhares de vezes ao dia, deixa geral embasbacado. E atrai gente chata pra caramba.


*A Ana saiu, lero lero lero. E li por aí que ela ficou com a maior cara de "ué, eu???", jurava que o Max ia rapar. Adouro.


*Gente, acho mesmo que as venci. As formigas. Levou um tempinho, mas elas se pirulitaram.


*Tipos que Gomes devia ganhar 2 reáu por km rodado fora de Valinhos, a serviço. Lá vai o bichinho pra Av.Paulista de novo.


*Oi?, mimpresta cinquenta conto preu fazer meu cabelo?


*Fui.

7 comentários:

Roberta disse...

Adoro seu diário de bordo.. morro de rir! Mas viu eu vou pedir pra pegar o Bruno, se bem que não sou desconhecida ou sou só um pouquinho..kkk
Agora deixq eu te falr, vc tem um humor tão negro quanto o meu, será que é de família?!

Beijo lindeza, adorei o post de hoje!

Deh disse...

Uma vez uma véia ficou falando horrores na nossa orelha pq estávamos com o Alê no supermercado. Eu sou bem cética e tal, mas comecei a achar que a fia ia jogar mau-olhado no menino. Ela ficava falando q "a contaminação isso, aquilo, que eu tenho erisipela, ó [levanta a barra da calça]". Fora os que perguntam se o nenê não fica com as costas tortas no sling.
Haja controle pra não mandar o povo tomar na rima, né.

Nana disse...

hahaha eu tu deixa né?
Pq vc i love me?! né?
Deixa vai?!
Bia, eu morri de rir aqui amiga, mas que isso guria?
bjss

Flávia disse...

Huhauhauah, coitada de vc... se acha que qdo eu ver bruninho não vou querer pegar no colo, ahá!
Tá bom, eu deixo vc pegar o Lipe no colo, pode ser?? Uma troca justa!!!
Pq eu tô achando que nóis só vai se ver depois que o Lipe nascer mesmo... E agora para me ajudar só um pouquinho, Carlos resolveu comprar um cachorro para a Isa... Tô a beira de um ataque de nervos... Isa fazendo birra, cachorro bb chorando, e Lipe que não sabe vem ou se fica... Tá ruim, viu!

LuLu disse...

Hehehehehehe..
Adourooo (jà me apropriei) o seu humor-desesperado..
Hehehehehehe.

Andreia Vieira disse...

Bia, passa a dica de exterminar as formigas amiga, tá difícil aqui em casa...

Bia, Desperate Housewife disse...

ROBERTA: fia, vc é sangue do meu sangue (/drama), vc pega meu filho sim!

DEH: Tomar na rima é ótemo, hahahahaa....

NANA: Vc tb pode né, muié; madrinha virtual do Bruno!

FLAVIA: Vc tb pode né, fasfavor! Menina, olha sóam, força na peruca. Vc me ligou esses dias né?

LULU: falar ADOURO é mais gotoso né? Hahahahaha....

ANDREIA: então, eu comprei aquelas umas seringas (formigel, acho) e taquei nos milhares de buraquinhos pela casa. Em uma semana não vi mais formigas. E olha que aqui em casa o bicho tava pegando feio mesmo. Como foi lá no BBB hein???