terça-feira, 22 de março de 2011

Call me 'pedante'.

*Daí a pessoa vai pro centro da cidade, livre-leve-e-solta, com dois objetivos:

1- Comprar copo do liquidificador;

2- Acertar documentos do passe escolar do filho mais velho.

Acontece que, entre um ponto e outro, existem sebos. E sebos, pra quem gosta, exercem o efeito de "canto de sereia". Entrei em um maravilhoso (ali na esquina da Barreto Leme com uma rua que não lembro o nome; ali do lado da igreja, quase em frente ao INSS *sabe tuuuuudo da cidade samenina*); saí de lá com a Divina Comédia, O Pequeno Polegar e Como Seria Sua Vida na Grécia Antiga.


Agora, com a Divina Comédia, poderei entender as piadas dos amigos cultos (pegou né, essa tá fácil). Ou então posso fazer a Suzana Werner, que queria ler algo engraçado.



Daí, ali na José Paulino leeeembaixo, tem outro sebo.

AI, PERDIÇÃO!!!!

Perguntei pro moço, como quem não quer nada (e não queria mesmo), se ele tinha alguma coisa de mitologia grega.

E ele me mostrou.

Amigues, ele tinha os 3 volumes da "Mitologia Grega", do Junito de Souza Brandão.


MORRI.

Sabe lá o que é estudar 4 anos babando por essa coleção e não ter $ pra comprar?

E pegar um por um na biblioteca e ir lendo dentro do 367 ou do 393, balançando Av. Brasil afora?

E toda santa vez que aparecer no moço dos livros da Letras, pegar cada volume, abrir, passar a mão nas folhas; namorar a coleção?

É essa a emoção. É essa.

Só fiquei assim quando consegui comprar o dicionário de Grego-Português, numa promoção louca, na Livraria Da Vinci, na Rio Branco, centro do Rio. Fui pra casa abraçada no dicionário, cheirando as folhas, lendo, olhando, paquerando...

Hoje saí da livraria chorando. Fui chorando pela rua até o estacionamento, abraçada com a minha coleção, quase não acreditando que, enfim, ela era minha!!!

(Quem não vai ficar muito feliz vai ser o Gomes né, porque usei o cartão dele num momento de pindura total. Mas não dava pra não comprar; o preço tava inacreditável).

Agora os livros estão aqui do lado, no sofá, bem pertinho de mim. Estamos casados, eu e a coleção, finalmente, depois de um longo namoro. <3 <3 <3

15 comentários:

Renata Luppi disse...

Sabe que eu te amo, né?!

Fico feliz por vc !

Beijocas

stella disse...

eu fiquei assim mesmo no dia que comprei "O Direito de Ser Homem", livro que meu pai comprou em 77 e eu li de tiquinho a vida toda. Um dia, o livro sumiu. No dia em que eu o achei no Estante Virtual, quase choro de tanta felicidade. O meu tá aqui, na minha estante, e DAQUI NÃO SAI! :D

Fala, Mãe! disse...

Os famosos sebos de campinas, me lembro bem! Depois mixplica as piadas dos amigos cult então que tb nuintendo rs. Morri ca suzana werner rs
beijo

Juliana disse...

Ei, tu estudou no Fundão?

Nenéia disse...

Ahhh... eu tive um treco desse quando consegui comprar a História da Vida Privada. Tô lendo devagarinho :)
Bjs

Carol Passuello disse...

Definitivamente, inteligência e cultura não tem a ver com posses, não é?
Sou tua fã!!!

Bia, Desperate Housewife disse...

Juliana, estudei no Fundão sim! Melhor época da vida! Muito amor pela Faculdade de Letras!

Mari Biddle disse...

Ai, que te entendo perfeitamente.

Beijos!

Lia Marcondes disse...

Ele vai reclamar, mas vai ficar feliz por você. hehehehe

Eu enrolo pra ler A Divina Comédia há ANOS. Um dia crio coragem... hahahaha

Por hora, tô lendo besteira de criança: Percy Jackson e os Olimpianos. Tô no 3º livro, de 5. hahaha


Beijooooo!

Roberta disse...

Nossa Bia se vc morasse em Bauru ia pedir pra vc socializar a coleção de Mitologia.. adoro tb.. bjão.

Tina Lopes disse...

Quero muito saber como seria minha vida se eu vivesse na Grécia (talvez eu fosse escrava e em vez de ser demitida, fosse enviada pras galés).

Anônimo disse...

tô chorona como sempre, ainda mais por esses dias. chorei ao ler seu post, me fez lembrar das minha mesma sensação em relação aos livros. E, eu tenho o vol 1 do JUnito, tá lá na casa da minha mãe no Brasillll. E sebo é uma coisa né? meu sonho é ter um,rs.
beijos na família linda
madoka

Juliana disse...

Os ônibus revelaram onde vc estudava.
Tb estudei na Letras! Muito Amor tb! =)

disse...

Oi Bia!
Primeiro eu gostaria de dizer que gostei muito do seu blog! Adorei!
Como tenho mais 3 irmãos (com 2 anos de diferença entra cada um), agora consigo compreender o que minha mãe passava conosco! :)

E em segundo, gostaria de dizer que também tenho uma paixão por livros... Aqui na minha cidade não achei um sebo bom, mas adoro o cheirinho de livraria!!! Beijos!

Rodolfo Vilela disse...

Linda sua pequena crônica. Tenho essa relação com os livros, fiz o mesmo que fez quando pude comprar a história da Arte do Gombrich e a do Argan, A Sociedade Feudal do Bloch e a Legenda Aurea. Tenho a coleção do Junito, que era primo do meu pai e nasceu no interior do Rio de Janeiro, na cidade onde nasci. Mas só o conheci em criança, e nem me lembro dele.

Rodolfo Brandão