segunda-feira, 3 de maio de 2010

Papo de Jarbas.

*Então. Dia desses aí meu ex-vizinho, lá da Av. Hum (que crusives tá morando onde eu morei) veio aqui em casa trazer umas correspondências nossas. E daí que no meio tinha uma multa. Rá. Bacana.
Mais uma vez dei mole e passei no radar de 60 km a 63 km. Da outra vez paguei oitenta reais, mais ou menos.
Eu tenho um bendito dum pezinho de chumbo, sabe. E tenho nervo de gente que dirige devagar na minha frente, gente que não vê o sinal abrir, gente que pega fila desnecessariamente no trânsito, gente que não dá seta etc. Vivo querendo achar o melhor caminho, a melhor forma de sair do meio dos lerdos (sabe, todo mundo que tá na minha frente é lerdo vai).
E então que numa dessas aí ganhei o presente. Toma, papuda!

*Escuta, e essa lei que criança não pode mais andar sem ser nas cadeirinhas hã. Assim: eu super concordo, porque a gente simplesmente não sabe quando um acidente pode acontecer. Por mais que sejamos cuidadosos (finja que não leu o tópico que eu escrevi aí em cima, da multa) nem todo mundo é. E se um doido que não suporta gente lerda (oi gente!) vai pra cima de você; tás ferrado.
Eu boto os três pequenos tudo nas cadeirinhas. Crusives o banco de trás é tomado por elas. Quando temos que sair todos juntos o Artur vai no colo do Matheus. E eu fico com o forévis na mão né...

Mas sei lá, acho que essa lei não pega.


*Matheus meu filho adolê me saiu com uma alergia do nada essa semana. Placas pelo corpo+inchaço no rosto, coitado. Ficou com nariz de gestante. E sempre de noite. Daí a primeira noite dei polaramine (creonças, não façam isso em casa)e ele conseguiu dormir. Na segunda noite, idem. Domingo vem ele de novo com a cara inchada. Larguei as paradas todas e fui pro PS com ele.
A Dra. Simpática disse que não dá pra precisar o que foi. Pode ter sido algo que ele comeu (o mesmo que come sempre), sabonete (o mesmo que usa sempre). E que tudo o que ele consome sempre pode, do nada, ter causado essa reação. Bacana!
Marquei alergologista pra ele pra VÉSPERA DO MEU ANIVERSÁRIO, 14 DE MAIO (se liga aí) e até lá: polaramine de oito em oito horas por 5 dias, se persistir volta no PS pra associar isso aí com corticóide (nhé). E o coitado ainda levou de brinde uma injeção intra-nadegar de fenergan, o remédio do capeta. Dormiu como uma pedra e ficou domingo todo zureta.
Acompanhemos.

2 comentários:

Ana disse...

Bia querida!
Tive meus dois filhotes com um intervalo de 2 anos e não lembro de fazer outra coisa, naquela época, a não ser cuidar da minha duplinha!
Então posso imaginar o que vc passa! É uma delícia , é apaixonante, é divertido, é cheio de ternura... mas é cansativo, preocupante, estressante...
O bacana é que vc mantém o bom humor e isso faz toda a diferença!

Adorei a tua visita! Parabéns pelo
presente!

Beijão!

Dani Moreno disse...

oi minha linda!!! Tem selinho para vc lá no bloguinho!!!

beijinho

DaniMoreno (Moça de família)
www.danimorenoartes.blogspot.com
@danimoreno_mf