quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O saco de lixo.

*Ontem, quando tava saindo pra buscar os meninos na escola, resolvi já botar o lixo pra fora. Porque é assim: tem vezes que o caminhão de lixo passa mais cedo, tem vezes que passa mais tarde. E como eu chego em casa umas sete mesmo, podia perder o caminhão (veja bem a preocupação da dona-de-casa: não perder a hora do lixeiro). E também porque eu gosto de antecipar as coisas, quando posso. Pensei: "ah, vou chegar exausta, pode estar chovendo, daí vou ter que correr na chuva pra botar o lixo lá fora etc". Sabe. Eu me amo muito quando antecipo algo e isso faz a maior diferença na organização do meu tempo em casa.

Daí, pra facilitar pra mim mesma (me amo por isso também), botei o saquinho de lixo dentro do carro pra deixar na cestinha na calçada.

Quem disse que eu lembrei de tirar o lixo do carro?

Pus o carro pra fora, fechei o portão e fui, bela e formosa, buscar os meninos.

Quando tava no meio do caminho, senti um cheirinho estranho. PQP! O lixo no chão do carro, do lado do passageiro.

Me subiu um calor (a pessoa fica nervosa por causa dum saco de lixo, repare) e, como estava indo pela cidade, não pela estrada, comecei a "paquerar" todas cestas de lixo que via pelas calçadas. Sabe quando você está na rua, apertado pra fazer um xixi maneiro, e fica olhando com desejo pros estabelecimentos, pensando em como serão os banheiros, se dá pra usá-los, enfim? Pois então.

Não, meu saquinho de lixo não tinha todo esse glamour.


Daí eu pensava "acho que vou dar uma paradinha na meio-fio e deixar meu saquinho de lixo na cesta alheia." Mas daí eu via os carros vindo atrás, e as pessoas na calçada e pensava "mas o que que esse povo vai achar duma louca que para o carro e bota o lixo na cesta dos outros?" e continuava o caminho.

Num sinal fechado, pensei "será que se eu jogar o saquinho de lixo aqui nesse canteiro vai ficar muito feio?" veja que, no desespero (a pessoa de DESESPERA por causa dum saco de lixo), a gente pensa nas piores coisas. Daí eu pensava "já pensou se o povo faz DNA do meu lixo e vai bater na porta de casa pra me dar esporro por eu ter jogado lixo no canteiro? E se tiver uma câmera me seguindo, tipo daquele quadro um da Regina Casé, que tinha no Fantástico há um tempo atrás, que flagrava as pessoas jogando papel no chão etc? E se for pegadinha do Mallandro; IÉ IÉ?"

TE JURO. Devo ser doente, só isso explica.

Sei que cheguei na escola com o saquinho de lixo dentro. do. carro.

Desci, peguei as crianças todas e, na hora que eu tava botando os meninos pra dentro, percebi que tinha estacionado o carro bem pertinho da lixeira da outra escola em frente. E não tinha viv'alma perto.

*faz dancinha*

Discretamente, peguei meu lixinho, botei na cesta alheia e voltei pra casa toda contentinha.


*Só tô contando esse causo divertidinho pra não falar que hoje cedo chorei baldes quando fui deixar Matheus na porta da Black Bridge. De hoje em diante, o menino mora em Jaguariúna (cidade perto daqui) e vem pra casa aos finais de semana. Me abraça? OPA! Já falei! =oP

11 comentários:

Janaína (Abacate) disse...

Bia, sen-sa-cio-nal!!!

E quanto ao Matheus, acordei com esse pensamento, preciso vivenciar que não tenho bebê em casa!
Embora breve terei, esses dois são meninos, grandinhos e o menor está quase aprendendo a se limpar.

MUAH!
Sou sua fã!

Disfarçada disse...

Ora, ora. Vamos por partes. Minha sorte é que ñ tem ninguém no trampo ainda pra me ouvir rindo (gargalhando mesmo) a uma hora dessas de uma manhã gelada, sozinha. Pq eu ri dessa do lixo. Sério. Imaginação fértil, vi D. Bia em pânico pelo lixo.
Segunda parte, Matheus. Ele tá feliz, querida, fazendo o que quer e o que gosta. Deus abençoe, a todos vcs e principalmente ao seu coração de mãe. Bjo

Eliana disse...

Oiii acho que é meu primeiro coment. Aqui temos o caminhão da coleta da reciclagem (plástico, papel,latas e vidros)a cada 15 dias. Hoje era bem o dia e eu estou impossibilitada. Acordo com o barulho do caminhão dos vidros e latas hahaha Grito pra marido, que NUNCA se lembra de nada qd o assunto é doméstico - Vá-lha me Deus! E parecia que eu tinha perdido a condução hahahtamanho o meu desespero hahaha Marido desceu correndo de pijama e tudo hahah pq ele sabe que toma bronca hahahah Depois fico com dó...mas que a gente estressa na hora, meu...a gente gospe fogo! Mas depois ri...fazer o que? hahahah

Tina Lopes disse...

Ai, que orgulho do Matheus, já o avisou que quando ficar rico vai ter que bancar convescote mensal das tuiteiras? NA ZOROPA! hahahahaha tadinha de você, vai dar saudade demais, mas é tudo que ele queria, né? E o saco do lixo - ri muito.

Nathália (Ná) disse...

Bia ri litros com esse causo do saco de lixo.....rsrsrsrsr. Quanto ao Matheus deve ser dificil para você ficar longe dele, mas pense que ele está feliz pois é o que ele escolheu...BJS!

Isabel disse...

Aiii Bia me divirto muito com vc...e me vi na sua situação de dona-de-casa-preocupada com o lixo...pq faço o mesmo...kkkk..

banzai disse...

hihihihihihi, imagine se eu faço isso com o saco de lixo onde moro? Aqui não tem desconto Bia! Primeiro que os aposentados ficam de olho no lixo alheio, se estamos colocando o nome, endereço, a cor certa para cada lixo. Enfim, e se acontecer o que vc fez, Bia, os caras batem na sua porta, pra te dar uma chamada,rs... Nunca aconteceu comigo, mas já com uma colega, hehehehehe. A prefeitura dão cursos sobre separação de lixo para cada brazuca novo que chega na cidade. O lixo é coisa de gente grande aqui.
Bjs e outro no Matheus.
Madoka

Mãe de Duas disse...

{um abraço pra vc}
Mas que coisa boa pra ele né? E pra vc também!<--->tentando ver o lado positivo
Bjo
Pri

Καλλιόπη . . . disse...

hahaha

Adorei a forma como você contou o "causo" rsrs!

Bjusss

Caso me esqueçam disse...

ai, morri de rir! hahahahahahaha meu deus, que comedia! o pior eh que eu senti perfeitamente tudo o que foi descrito! tu eh muito louca!

Gi disse...

HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Me identifico!!! Já levei o saquinho de lixo pro trabalho!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Saí da Irmã Serafina com o lixo na mão e fui perceber na Orozimbo Maia que estava carregando a sacolinha de lixo!!!! A pessoa esquecer que está carregando o lixo a pé é muito mais grave eu acho! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk